Impacto da Menopausa na Saúde Mental: Depressão e Ansiedade em Mulheres 45+

Já sabemos que, com o avanço da idade, particularmente durante e após a menopausa, as mulheres enfrentam uma série de alterações hormonais e fisiológicas que podem impactar significativamente sua saúde mental. Numerosos estudos científicos têm demonstrado uma associação entre a menopausa e o aumento da prevalência de sintomas depressivos e de ansiedade em mulheres na faixa etária acima de 45 anos.

Uma pesquisa publicada no Journal of Affective Disorders revelou que mulheres no climatério têm uma probabilidade significativamente maior de desenvolver sintomas depressivos em comparação com mulheres que ainda estão menstruando. Isso sugere uma correlação entre as mudanças hormonais decorrentes da menopausa e o aumento da vulnerabilidade à depressão.

Além disso, estudos têm evidenciado que as flutuações hormonais durante a menopausa podem afetar diretamente a regulação do humor e o equilíbrio emocional, predispondo as mulheres a experimentarem episódios de ansiedade.

Pesquisas recentes publicadas no periódico Menopause – UK, destacaram a associação entre a diminuição dos níveis de estrogênio e o aumento dos sintomas de ansiedade em mulheres no climatério.

Entretanto, é crucial reconhecer que a relação entre menopausa e saúde mental não é unidirecional, sendo influenciada por uma interação complexa de fatores biológicos, psicológicos e sociais. Fatores como estresse, estilo de vida, história pessoal de transtornos mentais e suporte social também desempenham um papel importante na manifestação e na gravidade dos sintomas depressivos e de ansiedade durante a transição para a menopausa.

Diante dessas evidências científicas, é fundamental que as mulheres na faixa etária de 45 anos ou mais estejam cientes dos potenciais impactos da menopausa em sua saúde mental e busquem apoio médico e psicológico adequado, quando necessário. A abordagem multidisciplinar, que inclui intervenções hormonais, terapia cognitivo-comportamental e estratégias de autocuidado, pode ser fundamental para o tratamento eficaz dos sintomas depressivos e de ansiedade durante essa fase da vida.

Falamos sempre por aqui: é fundamental o olhar holístico para compreender melhor, e cuidar, dos sintomas que surgem a partir dos 45 anos.

Aqui na Vênus Talks compreendemos que diagnósticos só são precisos de tiverem um olhar para além do sintoma em si.

Facebook
Twitter
Email

Veja Também:

plugins premium WordPress